contato@senografia.com.br   +55 (41) 3359-3201
imagens

SENSORIAMENTO REMOTO

IMAGENS DE SATÉLITE

Imagens de satélite

A partir de 1972, com a popularização do programa Landsat (Nasa), as imagens orbitais ganharam destaque meio acadêmico e rapidamente conquistaram o mercado, pois pela primeira vez na história tivemos acesso facilitado a dados georreferenciados, na forma de imagens de qualquer ponto do globo e com revisita em períodos pré-estabelecidos.

Hoje, 45 anos depois, um verdadeiro universo de informações orbitais nos dá suporte e nos acompanha nas tarefas do dia-a-dia: da sua consulta para saber a melhor rota para ir a um restaurante ou na madeira de reflorestamento que está no palito de fósforos que você acendeu, a geoinformação está presente. Todos somos usuários de informação geográfica, queiramos ou não.

Nas abas abaixo, você acessa as fichas técnicas dos satélites que geram as imagens distribuídas pela Senografia:

O satélite GF-1 foi lançado em 26 de abril de 2013 e tem uma vida útil projetada de 5 a 8 anos. Possui uma câmera pancromática que gera imagens com resolução espacial (GSD) de 2m e câmeras multiespectrais que geram imagens com resolução espacial de 8m.

Também possui o modo de imageamento de 16m (swath) no qual com 4 câmeras simultâneas gera imagens com ~ 800 km de largura.

Opera sob Programação (novas aquisições de imagens) e também no modo Acervo. Novas aquisições possuem pedido mínimo de 5.000 km² e imagens já adquiridas pelo sensor têm pedido mínimo de 500 km²

Para consultar a disponibilidade de imagens para sua região ou a necessidade de realizar nova programação, entre em contato com a Senografia.

Abaixo, a Ficha Técnica Resumida do GF-1:

tab1

Acesse aqui exemplos de imagens geradas pelo satélite GF-1:

Para acessar uma amostra dos dados georreferenciados (formato GeoTIFF), entre em contato com a Senografia.

O satélite GF-2 foi lançado em 19 de agosto de 2014 e tem uma vida útil projetada de 5 a 8 anos. Possui uma câmera pancromática que gera imagens submétricas com resolução espacial (GSD) de 0,8m e câmeras multiespectrais que geram imagens com resolução espacial de 3,2m.

Opera sob Programação (novas aquisições de imagens) e também no modo Acervo. Novas aquisições possuem pedido mínimo de 100 km² e imagens já adquiridas pelo sensor têm pedido mínimo de 25 km²

Para consultar a disponibilidade de imagens para sua região ou a necessidade de realizar nova programação, entre em contato com a Senografia.

Abaixo, a Ficha Técnica Resumida do GF-2:

tab2

Acesse aqui exemplos de imagens geradas pelo satélite GF-2:

Para acessar uma amostra dos dados georreferenciados (formato GeoTIFF), entre em contato com a Senografia.

O satélite TH-01 foi o primeiro satélite da China a capturar imagens em modo triplet stereo para subsidiar estudos altimétricos, volumétricos e mapeamento. O TH-01 possui câmeras pancromáticas e multiespectrais de alta resolução (GSD de 2m e 10m) e possui capacidade de cobertura global para servir a projetos de investigação científica, recursos naturais, agricultura, agronomia, agrimensura e cartografia.

Opera sob Programação (novas aquisições de imagens) e também no modo Acervo. Novas aquisições possuem pedido mínimo de 5.000 km² e imagens já adquiridas pelo sensor têm pedido mínimo de 500 km²

Para consultar a disponibilidade de imagens para sua região ou a necessidade de realizar nova programação, entre em contato com a Senografia.

Abaixo, a Ficha Técnica Resumida do TH-1:

tab3

Acesse aqui exemplos de imagens geradas pelo satélite TH-1:

Para acessar uma amostra dos dados georreferenciados (formato GeoTIFF), entre em contato com a Senografia.

O satélite ZY-3 foi lançado no dia 9 de janeiro de 2012 e possui uma vida útil projetada de 5 a 8 anos. O equipamento gera imagens pancromáticas com 2,1m de resolução espacial (GSD) e imagens multiespectrais com 5,8m.

Tem capacidade de geração de imagens em modo triplet stereo – a mesma imagem, na mesma órbita, tomada por 3 ângulos diferentes. Isso permite a geração de modelos digitais de superfície e terreno com grande poder descritivo.

Opera sob Programação (novas aquisições de imagens) e também no modo Acervo. Novas aquisições possuem pedido mínimo de 5.000 km² e imagens já adquiridas pelo sensor têm pedido mínimo de 500 km²

Para consultar a disponibilidade de imagens para sua região ou a necessidade de realizar nova programação, entre em contato com a Senografia.

Abaixo, a Ficha Técnica Resumida do ZY-3:

tab4

Acesse aqui exemplos de imagens geradas pelo satélite ZY-3:

Para acessar uma amostra dos dados georreferenciados (formato GeoTIFF), entre em contato com a Senografia.

A constelação Triplesat é formada por 3 satélites idênticos, projetados especialmente para ampliar a capacidade de revisita à mesma área e torna-la diária.

Possui capacidade de geração de pares estereoscópicos na mesma passagem ou em órbitas distintas, gerando modelos estéreo com alta resolução.

Os satélites geram imagens pancromáticas com 0,80 m de resolução espacial (GSD) e imagens multiespectrais de 3,20 m de resolução espacial.

Operam sob Programação (novas aquisições de imagens) e também no modo Acervo. Novas aquisições possuem pedido mínimo de 100 km² e imagens já adquiridas pelo sensor têm pedido mínimo de 25 km²

Para consultar a disponibilidade de imagens para sua região ou a necessidade de realizar nova programação, entre em contato com a Senografia.

Abaixo, a Ficha Técnica Resumida do Triplesat:

tab5

Acesse aqui exemplos de imagens geradas pelo sistema Triplesat:

Para acessar uma amostra dos dados georreferenciados (formato GeoTIFF), entre em contato com a Senografia.